Resume Portugal

Le développement des compétences à travers un travail axé sur les projets

Six écoles d´enseignement maternelle et primaire (Espagne, Italie, Bulgarie, Lituanie, Portugal et France) participeront à ce projet selon l'expérience de chacune afin d’apporter de nouvelles méthodologies et de mettre en œuvre une pédagogie de projets visant à optimiser les compétences des élèves

 

Desenvolvimento de Competências através de trabalho baseado em projetos

Participam neste Projeto  Erasmus + seis escolas primárias/jardins-de-infância de Espanha, Itália, Bulgária, Lituânia, Portugal e França que, de acordo com a experiência de cada um, pretendem conhecer e partilhar novas e diferentes metodologias e implementar uma pedagogia de projetos para otimizar as competências dos seus alunos. 

No quadro europeu (Estratégias "Europa 2020") chegou-se a um consenso sobre os objetivos dos sistemas educativos europeus: os nossos alunos devem atingir, no final da escolaridade obrigatória, as competências fundamentais para se desenvolverem de forma eficaz numa sociedade em mudança e construir um futuro participativo e democrático: COMPETÊNCIAS CHAVE.

O desenvolvimento de competência é uma aprendizagem mais concreta, ativa e sustentável. É um dos elementos-chave das reformas atuais para adaptar a escola às necessidades do nosso tempo.

Para este novo fluxo pedagógico de competências europeias, surge a necessidade de uma mudança metodológica nas diferentes escolas da parceria. Essa necessidade de mudança está vinculada, para algumas, à desmotivação e ao baixo rendimento escolar dos seus alunos, observáveis através de indicadores como os resultados da avaliação e avaliações nos seus diversos níveis.

Mesmo que algumas escolas já estejam familiarizadas com a pedagogia de projetos e com o aprendizagem  por competências, elas sentem a necessidade de renovar suas práticas e divulgá-las mais amplamente e especialmente aos novos professores que se juntam às suas equipes em cada ano letivo.

Por todas essas razões, projetamos reunir práticas inovadoras e implementar novas metodologias de aprendizagem nas nossas salas de aula para melhorar significativamente os resultados e a motivação de todos os alunos. Esta evolução nas nossas práticas deve projetar-se e criar impacto significativo em toda a comunidade educativa.

Trabalharemos este Projeto tendo como fim o DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS ATRAVÉS DO TRABALHO DO PROJETO nos jardins e nas escolas do 1º ciclo.Para otimizar a aprendizagem por competências é necessário implementar metodologias mais ativas e contextualizadas, facilitando a participação e o envolvimento de todos os alunos, na aquisição e no uso do conhecimento em situações reais, eles vão gerar aprendizagens sustentáveis e transferíveis.

Para um processo de ensino /aprendizagem por competências, as estratégias interativas são as mais adequadas, pois permitem partilhar e construir o conhecimento estimulando a turma  por meio de uma troca verbal e coletiva de ideias. Em termos de metodologia, os  PROJETOS DE TRABALHO podem responder ao desenvolvimento de competências básicas nos alunos do JI e 1º Ciclo.

A ideia chave do nosso projeto é que o sucesso académico da criança requer a colaboração de todos os intervenientes na aprendizagem. Eles devem aprender a conhecer-se melhor e a valorizar as suas competências e aprendizagns.

Queremos assumir o desafio da educação em parceria com as famílias e os colegas, dentro de equipas de professores motivados e motivadores.

Durante o período do Projeto, o trabalho será direcionado para a aquisição de conhecimentos que permitam um trabalho prático no desenvolvimento dos diferentes projetos, metodologias impactantes e inovadores que nos ajudem a trabalhar as competências-chave, de uma maneira diferente. O trabalho insidirá na METODOLOGIA DE TRABALHO DO PROJETO.

No decorrer dos dois anos do Projeto serão implementados quatro projetos de trabalho, comuns nas escolas participantes e quatro projetos individuais. Este trabalho de projeto deverá conduzir  à eliminação gradual de livros escolares e serão os professores em associação com os estudantes que determinarão os projetos a concretizar.